nav-left cat-right
cat-right

Linhaça – Marrom ou dourada? Como escolher o melhor grão

A linhaça é um dos alimentos mais comentados entre os apaixonados por comida natural ou nutrição fitness. Repleta de nutrientes importantes para a saúde ela vem se destacando como uma ótima opção para consumo de fibras sem glúten.

O sabor da linhaça pode ser assemelhado a gergelim ou castanhas e as receitas em geral exploram-a mais em forma de farinha ou em misturas no estilo cereal matinal como granola.

Tem quem afirme que o sabor da linhaça é doce, mas na verdade ela encaixa-se em quase todos os tipos de alimento independente da classificação de estilo. Isso eleva a linhaça a um estado de neutralidade muito importante na cozinha moderna.

Figura 01: Linhaça marrom e dourada

Quando o assunto é a diferença da linhaça em relação aos seus tipos, dourada ou marrom, alguns consumidores ficam em dúvida. Um dos principais pontos que chama a atenção é a diferença de valores.

Nos mercados e lojas de produtos naturais em geral a linhaça dourada tem um preço mais elevado. A Variação fica em torno de 20% em relação à marrom. Por conta deste dado muitos acham que o grão dourado é mais nutritivo.

É preciso começar a desassociar o valor do alimento aos seus benefícios. A cozinha orgânica tem provado que os legumes, verduras e frutas mais simples são, na maior parte das vezes, os principais fornecedores de saúde.

No caso da linhaça o que ocorre não é uma depreciação relativa ao valor e sim uma equiparação a partir das substancias encontradas no grão dourado e também no marrom.

A diferença nutricional é tão pequena que chega a ser irrisória quando salientamos a capacidade do organismo de absorver alguns componentes. Dessa forma ambas são igualmente saudáveis.

Figura 02: Diferença entre a linhaça marrom e dourada é a cor

O principal ponto de diferenciação dos dois tipos de linhaça, além de é claro a cor, está nas fibras complexas encontradas na casca. A linhaça marrom é um pouco mais rica neste item e por isso é mais dura. A dourada é um pouco mais macia.

O fator que imprime esta pequena diferença está ligada à região de cultivo. A linhaça marrom cresce em lugares de clima mais temperado, inclusive no Brasil. A dourada por sua vez é comum a territórios mais frios e é principalmente encontrada no Canadá. Isso explica também a questão dos valores de venda.

O importante é consumir a linhaça! A recomendação é variável por pessoa, mas o ideal é incluir este alimento na alimentação ao menos três vezes por semana pois ela é rica em fibras, potássio, fósforo, cálcio, ômega 3, ômega 6, selênio, cobre, ferro e muito mais. Um super alimento não é?!

A Dra Fernanda Granja comenta sobre a linhaça marrom e dourada

OBS.: CADASTRANDO-SE EM NOSSO INFORMATIVO DICAS SAÚDE DA MULHER, VOCÊ RECEBERÁ DIVERSAS DICAS SOBRE SAÚDE DA MULHER 

 

INFORME SEU MELHOR EMAIL PARA RECEBER AS DICAS SOBRE SAÚDE DA MULHER:

Entregue por FeedBurner



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>